Notícia

Grandes empresas de IA enfrentam processos por uso indevido de dados e violação de direitos autorais

person using Grandes empresas de IA enfrentam processos por uso indevido de dados e violação de direitos autorais

Você já parou para pensar de onde vêm os dados usados para treinar os modelos de IA que impulsionam serviços como o ChatGPT? Pois grandes empresas como a Microsoft, OpenAI e Google estão enfrentando questionamentos legais sobre suas práticas de coleta e uso de dados.

OpenAI e Microsoft acusadas de usar obras escritas sem autorização

Recentemente, a OpenAI e a Microsoft, que apoia a startup, foram processadas em um tribunal federal de Manhattan por Nicholas Basbanes e Nicholas Gage, dois renomados autores.

A acusação é de que essas empresas estariam usando obras e dados escritos para treinar suas IAs sem obter as permissões necessárias.

“É injusto que grandes corporações se beneficiem do trabalho de criadores sem qualquer compensação, especialmente dadas os significativos lucros que essas empresas auferem”, argumenta o advogado Michael Richter, representando Basbanes e Gage.

Este caso lembra outras ações legais movidas contra gigantes de tecnologia, com figuras notáveis como Sarah Silverman e George R.R. Martin também processando pelo uso indevido de suas obras no treinamento de IA.

Google enfrenta processo por coleta não autorizada de dados

Além da OpenAI e Microsoft, o Google e suas subsidiárias Alphabet e DeepMind são alvo de questionamentos sobre suas práticas de dados.

O escritório de advocacia Clarkson moveu recentemente uma ação contra essas empresas alegando que o Google estaria coletando dados de milhões de usuários sem o consentimento necessário, violando leis de direitos autorais.

Esse tema é especialmente delicado diante da atualização recente da política de privacidade do Google, que menciona o uso de informações publicamente disponíveis para treino de IA — o que estaria na raiz do novo serviço Bard, concorrente do ChatGPT.

No entanto, o processo argumenta que essa abordagem pode explorar dados privados sem o consentimento dos usuários.

Para fortalecer o caso, o escritório Clarkson adicionou novas partes ao processo, incluindo a autora best-seller Jill Leovy. Os autores representam um grupo maior de pessoas potencialmente afetadas pelas supostas violações de direitos autorais.

Conclusão: uso ético de dados é fundamental

Os desafios enfrentados pelas big techs destacam as crescentes preocupações com o uso indevido de dados e violação de direitos autorais na área de IA.

Conforme a IA avança e desempenha papel vital em vários setores, é crucial que as empresas garantam a obtenção das permissões adequadas e o respeito aos direitos dos criadores.

Esses processos servem como um alerta sobre a importância do uso ético de dados e propriedade intelectual no cenário digital atual.

Perguntas frequentes

Quais empresas estão sendo processadas e por quê?

Microsoft, OpenAI e Google enfrentam processos sobre o uso de dados e violação de direitos autorais em seus métodos de treinamento de IA.

Quem são os autores dos processos?

Os autores são Nicholas Basbanes, Nicholas Gage, Sarah Silverman, George R.R. Martin e Jill Leovy.

Qual o argumento do advogado dos autores?

O advogado afirma ser injusto que grandes empresas se beneficiem do trabalho de criadores sem compensá-los, apesar dos altos lucros.

Qual a importância da atualização de política de privacidade do Google?

A política menciona uso de informações públicas para IA, o que está no centro das acusações.

O que essas ações transmitem?

Destacam a necessidade de uso ético de dados e respeito à propriedade intelectual na área de IA.

administrator
Bem-vindos ao meu blog! Meu nome é Ricardo Ferreira e sou um entusiasta de IA. Meu objetivo aqui é compartilhar meu conhecimento sobre essa indústria em rápido crescimento, bem como as melhores ferramentas de IA que testei no mercado. Sou freelancer e viajo o mundo trabalhando como desenvolvedor e profissional de marketing digital. Neste site, você encontrará diariamente as últimas notícias, análises e tutoriais sobre Inteligência Artificial, aprendizado de máquina, chatbots, prompts criativos e muito mais! Acompanhe-me para ficar sempre atualizado(a) sobre esse incrível campo em constante evolução.